coceira em cachorro

Coceira em Cachorro sem pulgas: O Que Fazer? O que pode ser?

É muito normal coceira em cachorro, o problema é quando nada parece aliviar a coceira: ele se morde, fica rolando no chão, sacode a cabeça…

Mas se a sua pergunta é meu cachorro se coça muito mas não tem pulga, o primeiro passo é identificar a causa e tratar antes que a pele fique ainda mais irritada.

Nesse artigo, vamos mostrar as principais causas e algumas soluções naturais para aliviar a coceira.

Por que meu cachorro se coça?

coceira de cachorro

Antes de mais nada, uma coceira em cachorro de vez em quando é mais do que normal, mas quando você perceber que aquilo está incomodando muito o cachorro e até mesmo causando dor, é importante intervir o quanto antes.

E quais as causas mais comuns?

  • Dermatite alérgica às picadas de pulgas

Se seu cachorro se coça muito, talvez seja pela presença de parasitas, sendo as pulgas as mais frequentes.

Quando as pulgas picam a pele do seu cachorro, sua saliva provoca uma reação alérgica que incomoda seu peludo.

  • Dermatite atópica

Pode ser que a coceira em cachorro, sela por que ele sofre de alergias. No cachorro, a dermatite atópica é uma doença crônica, onde o cachorro pode ter uma predisposição genética para desenvolver alergias a diferentes coisas (ácaros, pólen, etc).

  • Alergia alimentar

A alergia surge frequentemente quando o sistema imunológico do cachorro reage a um ingrediente. Seu cachorro pode desenvolver uma alergia alimentar da noite para o dia, mesmo se você lhe dá a mesma comida faz tempo. Geralmente, a coceira em cachorro é nas orelhas e patas.

  • Dermatose psicogênica

É possível também que a ansiedade seja a razão pela qual seu cachorro se coce. Na verdade, o estresse é conhecido por uma das causas principais de coceira em cachorro.

Ele vai tentar se acalmar, lambendo uma parte do corpo que irrita mais, como uma pata, por exemplo.

Apenas o veterinário é capaz de diagnosticar e indicar o tratamento mais eficaz.

Como diagnosticar a coceira em cachorro?

meu cachorro se coça muito mas não tem pulga

Como existem muitas causas possíveis para coceiras em cachorros, o veterinário vai avaliar um conjunto de fatores, como:

  • A raça, sexo, tamanho e peso do cachorro;
  • O início da coceira;
  • Localização;
  • Se outros animais ou pessoas foram afetados;
  • Se o cachorro já fez algum tratamento.

Com base nessas informações e após o exame clínico, o veterinário pode fazer o diagnóstico de coceira em cachorro.

Os ectoparasitas, como pulgas e carrapatos, são as causas mais comuns e as mais facilmente identificáveis.

coceira em cachorro
Coceira em Cachorro sem pulgas: O Que Fazer? O que pode ser? 6

Já no caso de uma alergia, o diagnóstico é um pouco mais complicado, mas existem testes simples e seguros que mostram qual tipo de alergia que o cachorro sofre.

Se o veterinário suspeitar que as coceiras sejam um efeito secundário de um outro problema, é essencial pesquisar a causa subjacente.

É o caso, por exemplo, de uma doença hormonal, sendo necessário fazer testes sanguíneos, incluindo as taxas de tireoide.

O que fazer para tratar coceira em cachorro?

Em caso de coceiras intensas, é necessário aliviar rapidamente o sofrimento do cachorro com medicamentos antes ou após o diagnóstico.

Hoje em dia, existem medicamentos específicos para coceira, assim como shampoos e sabonetes.

Se o veterinário concluir que os parasitas são a origem da coceira, ele provavelmente vai prescrever um antiparasitário.

A alergia de contato é tratada acalmando as coceiras e evitando os alergênicos. Além disso, o banho do cachorro deve ser com shampoo especial.

cachorros racas caninas populares

Agora, se for confirmada uma alergia alimentar, o tratamento também consiste em evitar os alimentos que causam a alergia.

Segundo a gravidade, as infecções secundárias por bactérias podem ser tratadas com tratamentos locais ou pela administração de antibióticos ou antifúngicos.

Por fim, se houver uma doença que seja a causa da coceira, deve ser descoberta e tratada.

Portanto, se seu cachorro está se coçando mais do que o habitual, a melhor saída é consultar o veterinário o quanto antes, pois o diagnóstico precoce pode fazer toda a diferença!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.